ESPORTES EM NÚMEROS

NOVOS RECORDES

 

28/03/2008 - Um dia após quebrar recorde dos 50m livre, Sullivan baixa tempo

Os recordes mundiais continuam caindo no Campeonato Australiano de natação. No sétimo dia de disputas da competição, que vale vaga aos Jogos Olímpicos de Pequim, nesta sexta-feira, Eamon Sullivan conseguiu baixar ainda mais seu tempo na final dos 50m livre ao cravar 21s28. O atleta já havia obtido a melhor marca nesta quinta, durante as semifinais da prova, com 21s41.

Desse modo, Sullivan completa a terceira quebra de recorde dos 50m livre em menos de uma semana, já que Alain Bernard havia ficado com o melhor tempo (21s50) no último domingo, durante o Campeonato Europeu. Curiosamente, na ocasião o francês tomou o posto de homem mais rápido da natação do próprio Sullivan.

O australiano também já havia se destacado nos 100m, em que detém dois dos três tempos mais rápidos da história – só fica atrás, por três centésimos, justamente de Bernard. Seus últimos resultados o credenciam como favorito à medalha de ouro em Pequim-2008 nas duas provas.

“É muito engraçado para mim os 50m, eu geralmente não me lembro de nada. É como uma imagem borrada e uma onda de energia, tudo acontece muito rápido”, declarou o recordista, em conversa com repórteres locais.

Na onda de recordes mundiais que vem marcando a competição nas piscinas de Sydney, a nova marca de Sullivan foi a sétima a cair. Antes, Stephanie Rice (200m e 400m medley), Lisbeth Lenton (100m livre) e Sophie Edington e Emily Seebohm (as duas nos 50m costas) haviam cravado os melhores tempos em suas respectivas provas.

Veja os recordes masculinos em piscina de 50m

Voltar