ESPORTES EM NÚMEROS

NOVOS RECORDES

 

22/03/2008 - Francês melhora o próprio recorde mundial nos 100m livre e Australianas quebram dois recordes mundiais

Pelo segundo dia consecutivo, o francês Alain Bernard melhorou a marca mundial nos 100m livre. Depois de bater o recorde sexta-feira, nas eliminatórias do Campeonato Europeu, em Eindhoven, na Holanda, ele melhorou ainda mais sua marca para garantir o ouro da prova neste sábado.

Na disputa do ouro, ele baixou o tempo em um décimo, registrando a marca de 47s50. Os resultados demonstram uma evolução impressionante do nadador, que chegou sem muito destaque ao Europeu.

No Campeonato Mundial do ano passado, em Melbourne, ele foi apenas o nono nos 100m livre. Dois anos atrás, no torneio continental europeu, ele havia ficado com a sétima colocação.

Em sua apresentação neste sábado, ele demonstrou o potencial de melhorar o tempo já nos primeiros 50m. Com 22s53, ele ficou três décimos abaixo do que havia registrado no trecho inicial da véspera. Depois da virada, ele completou o percurso com 24s97. Antes dos recordes de Bernard, o recorde anterior era de 47.84 (23.16), do holandês Pieter van den Hoogenband, e havia sido obtido em 19 de Setembro de 2000, nos Jogos Olímpicos de Sydney.

A medalha de prata ficou com o sueco Stefan Nystrand, recordista mundial da prova na piscina curta. Nystrand fechou a prova com 48s40. Em terceiro ficou o atual campeão mundial dos 100m livre, o italiano Filippo Magnini com 48s53.

Australianas quebram dois recordes mundiais

O primeiro dia de seletiva olímpica para a equipe australiana de natação começou com a quebra de dois recordes mundiais em Sydney. Neste sábado, Stephanie Rice e Emily Seebohm melhoraram as marcas, respectivamente, nos 400m medley e nos 50m costa.

Rice completou a prova com o tempo de 4min31s46 (1:02.30; 2:10.87; 3:29.08; 4:31.46). Aos 19 anos, ela baixou em 1s43 a marca anterior, que pertencia à norte-americana Katie Hoff (1:03.91, 2:14.10, 3:29.68, 4:32.89) e fora imposta no Mundial de Melbourne do ano passado (01/04/07).

O feito de Seebohm foi ainda mais impressionante. Com apenas 15 anos, tinha ficado a 0s01 de bater o recorde na semana passada, durante uma competição escolar. Desta vez, ela obteve o tempo de 27s95, batendo o recorde de 28s16 da americana Leila Vaziri, obtido em 28 de Março de 2007 em Melbourne. Ao contrário do que aconteceu com Rice, que garantiu sua vaga para Pequim, Seebohm não estará na China disputando os 50m costa, isto porque a prova não faz parte do programa olímpico.

Veja os recordes femininos em piscina de 50m

Veja os recordes masculinos em piscina de 50m

Voltar