ESPORTES EM NÚMEROS

NOVOS RECORDES

 

17/12/2005 - Kaio Márcio é o novo recordista mundial dos 50m borboleta

O paraibano Kaio Márcio de Almeida entrou para a seleta lista de brasileiros recordistas mundiais neste sábado, ao estabelecer uma nova marca para os 50m borboleta em piscina de 25m. O feito foi obtido durante a disputa do Torneio Open, que está sendo realizado simultaneamente aos campeonatos brasileiros sênior e júnior (reunindo os melhores dessas duas competições) no Clube Internacional de Regatas de Santos.
O atleta de 21 anos conquistou a medalha de ouro no Open com o tempo de 22s60 e superou em 11 centésimos a marca do norte-americano Ian Crocker (22s71), estabelecida no Campeonato Mundial de Indianápolis de 2004. Com o resultado, Kaio se tornou o 11° brasileiro recordista mundial na história da natação.

“Foi a prova perfeita. Não tenho o que dizer. A natação brasileira está muito bem e só posso agradecer”, comemorou o nadador, que coloca o Brasil na lista dos recordistas mundiais sete anos depois de Gustavo Borges, Fernando Scherer, Carlos Jayme e Alexandre Massura superarem a melhor marca do mundo no revezamento 4x100m livre, também em piscina curta (3m10s45). O último recorde mundial do Brasil em provas individuais havia saído em 1993, também na piscina do Internacional de Regatas de Santos, com Gustavo Borges nos 100m livre.

Neste ano, Kaio conquistou seis medalhas de ouro nas duas etapas que disputou da Copa do Mundo 2005/2005 (nos 50m, 100m e 200m borboleta). E, segundo o atleta, esse convívio com nadadores de outros países ajudou bastante para que ele alcançasse o feito deste sábado.

“Sempre converso com os principais atletas do meu estilo nas competições internacionais. Observo muito e acho que a competição também acontece em nível mental, fora das piscinas. Você tem que imaginar que eles estão fazendo o trabalho deles e que também enfrentam dificuldades e você também é capaz de chegar no melhor, mesmo com os obstáculos”, opina Kaio.

O técnico do atleta, Leo Arruda, estava bastante entusiasmado e chegou até a derrubar lágrimas logo após a prova. “A maior emoção que tive com o Kaio foi quando ele foi campeão brasileiro infantil. Nunca mais senti nada parecido até o dia de hoje. É o resultado de um trabalho muito árduo, feito exclusivamente no Brasil. Isto prova que temos valor e agora que o ápice chegou só temos a agradecer pelos bons e também pelos maus momentos, pois eles nos ensinaram muito”, disse Leo.

Para o Presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Coaracy Nunes Filho, a natação brasileira merecia o recorde mundial de Kaio. “Estamos entrando em um período importante, com os Jogos Pan-Americanos se aproximando, e esse recorde motiva a todos, dá novo ânimo. Esta é a última competição oficial de 2005 e o fecho não poderia ser melhor. A natação brasileira estava merecendo algo assim há muito tempo”, desabafou Coaracy.

Todos os brasileiros recordistas mundiais da história:

1936 – Maria Lenk: 400m peito/borboleta (prova que não existe mais)
1960 – Manoel dos Santos: 100m livre
1964 – Silvio Fiolo: 100m peito
1982 – Ricardo Prado: 400m medley
1993 – Gustavo Borges: 100m livre
1993 – Gustavo Borges, Fernando Scherer, Teófilo Ferreira e José Carlos Júnior: 4x100m livre
1998 – Gustavo Borges, Fernando Scherer, Carlos Jayme e Alexandre Massura: 4x100m livre
2005 – Kaio Márcio de Almeida: 50m borboleta

Fonte: www.gazetaesportiva.net

Voltar