ESPORTES EM NÚMEROS

NOVOS RECORDES

 

05/04/2006 - 8º Mundial de Natação em piscina curta

O 8º Mundial em Piscina Curta terá seu primeiro dia de finais, hoje, a partir das 8h30 (horário de Brasília). A competição reúne uma das melhores equipes que o Brasil já teve, apontada como uma das forças do evento pela Federação Internacional de Natação (Fina). Mais de 130 países verão ao vivo e 129 nações têm atletas nadando no Mundial da China. Um recorde de participantes que promete um show à parte.

Além de ter no grupo um recordista mundial, Kaio Márcio Almeida, e um campeão mundial, Thiago Pereira, outros cinco nadadores brasileiros já subiram ao pódio em campeonatos mundiais: Eduardo Fischer, César Cielo, Nicholas dos Santos, Rodrigo Castro e Lucas Salatta. Pelos nomes que desfilarão na piscina do estádio Qizhong, este será o Mundial em 25 metros de nível técnico mais elevado da história da competição.

Abriram para o Brasil nas eliminatórias que aconteceram na noite de ontem, Thiago Pereira e Rodrigo Castro (200m livre), Lucas Salatta e Fernando Silva (100m costas), Eduardo Fischer e Felipe Lima (100m peito), Fabíola Molina (100m costas), Kaio Márcio e Gabriel Mangabeira (100m borboleta), Joanna Maranhão (400m medley), a equipe de revezamento 4x100m livre masculina (Guilherme Roth, César Cielo, Rodrigo Castro e Nicholas dos Santos), e o time de 4x200m livre feminino (Monique Ferreira, Mariana Brochado, Joanna Maranhão e Paula Baracho).

No Mundial em Piscina Curta, todas as provas de 50m e 100m têm semifinal. As demais distâncias passam direto das eliminatórias para a final. Nas eliminatórias da segunda etapa, que acontecem na noite de hoje, o Brasil tem chance de passar à final em todas a provas que vai disputar. Rebeca Gusmão começa nos 100m livre com a campeã australiana Lisbeth Lenton, a holandesa Marleen Veldhuis, a finlandesa Hanna-Maria Seppala, a sueca Josefin Lillhage e outras 57 competidoras. Rebeca está com o oitavo tempo na lista de entrada da competição.

Lucas Salatta também aparece muito bem em sua prova. Ele tem a sexta marca nos 400m medley (4min11s60). Nicholas dos Santos e Guilherme Roth estão “no bolo", com muita gente boa nos 50m livre. Nicholas é o quarto melhor na relação de entrada na competição (21s49) e Roth, o sexto (21s56). Antes deles, o norte-americano Nicholas Brunelli, o inglês Mark Foster, um super veterano da natação (36 anos) e o sul-africano Rolland Schoeman, campeão olímpico e mundial.

Rodrigo Castro, Thiago Pereira, Lucas Salatta e César Cielo formarão o 4x200m livre, que na última edição do Mundial, em Indianápolis 2004, deu a medalha de bronze ao Brasil. Os três primeiros estavam no time de 2004.

NOTÍCIA PUBLICADA EM 05/04/2006 18:56 • FONTE: Hoje em Dia

Voltar