ESPORTES EM NÚMEROS

NOVOS RECORDES

 

04/06/2006 - Quenianos dominam Maratona de São Paulo

Não foi desta vez que os paulistanos puderam comemorar a vitória de um brasileiro na Maratona de São Paulo. A 12ª edição do evento, realizada na manhã deste domingo, ficou marcada pelo excelente desempenho dos quenianos.
Com 2h15min15s de prova, Rotich Solomon subiu ao local mais alto do pódio e faturou ainda 12 mil reais. Seu compatriota, Charles Kipngetich chegou em segundo lugar, com 2min10s a mais do que o vencedor. O brasileiro com a melhor colocação foi Elson Alex Gracioli, que levou a medalha de bronze, com 2h18min28s.

Os dois brasileiros considerados favoritos ao pódio, José Teles de Souza (vencedor da Maratona em 2005) e Franck Caldeira de Almeida (campeão da prova em 2004), abandonaram a corrida pouco depois de completarem metade do percurso.

A prova feminina também teve como vencedora uma queniana. Campeã de 2004, Margaret Karie Toritich conquistou seu segundo título nas ruas de São Paulo. O pódio contou ainda com a presença das brasileiras Marizete de Paula Rezende, que ganhou a medalha de prata, e sua xará Marizete Moreira dos Santos, na terceira colocação.

Desde o início da Maratona, Rotich Solomon se destacou e, pouco a pouco, liderou a prova ao lado do vice-campeão. Mas, nos últimos quilômetros, deixou para traz seu compatriota Kipngetich. A grande surpresa veio no quilômetro 38, quando o líder ultrapassou o pelotão feminino que havia largado 23 minutos na frente. “Mesmo tendo ultrapassado a Margaret (líder da prova feminina), senti muita dificuldade no final, especialmente por causa da subida íngreme do túnel (presidente Jânio Quadros)”, explicou o queniano campeão.

Para Elson, a maior dificuldade foi as constantes câimbras que sentiu, desde que passou pelo quilometro 28. “Acho que meu organismo está precisando de potássio ou sódio. Senti muitas dores. Mas, apesar de tudo, consegui me concentrar e me superar”, alegrou-se o brasileiro.

Problemas físicos também não favoreceram a brasileira Marizete Rezende. “Ao longo da corrida, fiquei com uma bolha de baixo do pé. Quando isso acontece, o atleta só chega na raça. A dor é muito grande. Se não fosse a minha bolha, eu teria corrido abaixo de 2h36min. Mas mesmo assim, o meu tempo é bom”, comentou a vice-campeã.

Confira a classificação masculina da 12ª Maratona de São Paulo:

1 – Rotich Solomon (QUE), 2h15min15s
2 – Charles Kipngetich (QUE), 2h17min22s
3 – Elson Alex Gracioli (BRA), 2h18min28s
4 – Adriano Bastos (BRA), 2h19min44s
5 – Benjamin Somoei Kiptarus (QUE), 2h20min06
6 – Paulo da Silva (BRA), 2h20min49
7 – Elenilson da Silva (BRA), 2h21min49s
8 – Willian Salgado Gomes (BRA), 2h22min53s
9 – Adriano Lemos Fortes (BRA), 2h24min19s
10 – Orlando Dias Lima (BRA), 2h25min24s

Confira a classificação feminina da prova:

1 – Margaret Karie Toroitich (QUE), 2h39min24s
2 – Marizete de Paula Rezende (BRA), 2h41min28s
3 – Marizete Moreira dos Santos (BRA), 2h42min50s
4 – Elizabeth Esteves de Souza (BRA), 2h46min55s
5 – Maria Sandra Pereira Silva (BRA), 2h50min07s
6 – Ilaine Wandscheer (BRA), 2h50min46s
7 – Sueli Aparecida Vieira (BRA), 2h55min19
8 – Maria Helena de Jesus (BRA), 2h57min05s
9 – Conceição de Maria Carvalho (BRA), 2h58min59s
10 – Maria Lúcia Alves Vieira Moraes (BRA), 3h01min10s

Fonte: Gazeta Esportiva.net

Voltar